Kim Dotcom promete lançar serviço de e-mail encriptado em 2014

by 12:25 0 comentários
O fundador do site Megaupload e atual dono do Mega, Kim Dotcom, planeja lançar um serviço de troca de e-mails criptografado. O executivo se inspirou no encerramento dos serviços como Lavabit e Silent Circle, que ofereciam um correio eletrônico focado em privacidade, para oferecer aos internautas algo semelhante. O novo serviço deve chegar em 2014.
Kim Dotcom oferece recompensa para quem quebrar a segurança do Mega.
Kim Dotcom pode investir em uma nova área em breve: serviço de e-mail (Foto: Reprodução/Venture Beat)Kim Dotcom pretende investir em novo serviço de e-mails encriptados (Foto: Reprodução/Venture Beat)
Atualmente, o site Mega, que ocupou o lugar do extinto megaupload, oferece serviço de compartilhamento de arquivos e de armazenamento na nuvem. E, em breve, deverá ganhar um novo recurso, o de e-mails, para ficar ainda mais completo. Neste tipo de serviço de e-mail, apenas os usuários envolvidos na troca de mensagens possuem as chaves ou códigos necessários para ter acesso aos dados da mensagem. Isso evita que o e-mail seja alvo de leituras automáticas de servidores e garante maior segurança contra a espionagem.
Vikram Kumar, CEO do Mega, é quem está à frente do projeto e foi um dos executivos que mais se posicionou contra o encerramento do Lavabit e do Silent Circle na web. 
“A grande questão é disponibilizar a funcionalidade de e-mail que as pessoas querem não somente para elas, como também para os servidores. A funcionalidade não é impossível, mas é muito, muito difícil”, destacou Kumar, que acredita que esta não é uma tarefa simples.
Para dificultar ainda mais a questão, o Mega pode ter que trocar de servidores em breve. De acordo com o próprio Dotcom, a Nova Zelândia, onde o Mega é armazenado atualmente, pode aprovar novas leis de acesso à informação na Internet. A legislação tornariam a navegação tão ou ainda mais polêmica que nos Estados Unidos, no quesito privacidade.

DJ WESLEY ELETROMIX

Developer

Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Curabitur blandit tempus porttitor. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor.